Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

Tempo

Neste momento vou fazer algo que não fiz até agora…escrever a pedido de alguém. É uma maneira dos leitores verem que estamos abertos a novas ideias e desafios, aceitando sugestões vossas. A pessoa em causa, uma amiga, pediu-me para falar no “tempo”, uma vez que na opinião dela escrevo soberbamente bem, tenho o dom da palavra, da escrita, sou um romancista do século XXI, um Eça Queirós inovador…pronto, como gosto de dizer a verdade, ela apenas me fez a sugestão do tema, na minha humildade eu é que gosto de pensar que é pelas características acima citadas! Quando me fez a sugestão a primeira pergunta que fiz foi “Queres que me ponha a falar se está a chover, se o clima está em bruscas mudanças, se faz sol…??? Mas isso é mesmo típico dos portugueses, é o tema mais usado como desbloqueador de conversas!” Foi aí que ela disse que não, que se referia ao tempo no sentido espaço-temporal, ao tempo que todo o mundo se queixa que não tem. Reflecti um bocado (cerca de 2 segundos, pois reflectir cansa a cabeça) e cheguei à conclusão que seria um bom tema, apesar de não ser de tão fácil abordagem quanto isso. Por isso aceitei o desafio… A verdade é uma, tempo é coisa que toda a gente diz que não tem (além de dinheiro…tirando os políticos que têm os dois), eu incluído…para verem, ao escrever este texto estou a perder tempo, que podia estar a ser usado para outras coisas mais rentáveis e que mais tarde não vou ter tempo para as fazer. Por isso é que eu acho que a questão do tempo, ou da falta dele, passa muitas vezes pela questão de prioridades e organização. Queixamo-nos da falta dele, mas se analisarmos bem as coisas, muitas vezes deixamos as prioridades para segundo plano. Enquanto estudantes, queixamo-nos da falta de tempo para estudar, mas temos tempo para estar a ver o episódio da novela, da série, ir ao café beber só um café, de dormir uma hora a mais…também nos queixamos da falta de tempo para sair à noite, para ir ao cinema, para sair com os amigos, mas mais uma vez, há quem prefira a novela ou as séries ou dormir mais um bocado. Enquanto trabalhadores, queixamo-nos da falta de tempo também para ir ao cinema, para estar com os amigos, para passear nas tardes de sol…citando mais uma vez as razões de cima, acrescento “quantas tardes de solarengas passamos metidos em casa a ver televisão ou a dormir?” Enquanto pessoas queixamo-nos da falta deste bem precioso a toda a hora…não temos tempo para estar com a família e com os amigos, para namorar, para ir ao cinema, para passear, para dormir, enfim, um rol de coisas mais. Eu concordo, também sofro deste problema…mas a verdade é uma, o dia “apenas” tem 24 horas…em 24 horas não cabem 30,40 horas. Há tempo para tudo, depende é da organização e hierarquização das prioridades. Não há tempo para estudar? Caramba, a taxa de reprovação é maior que a de aprovação? Não há tempo para ir ao cinema? Não é isso que eu vejo (e já não vou há muito). Não há tempo para sair às noites? Então porque é que a noite continua cheia de cafés, bares ou discotecas abertas? Não há tempo para namorar? Então estamos tramados que o futuro da população está em perigo, pois não há namorados!!! Não temos tempo para passear ao Domingo? Então porque estão shoppings e os outlets a abarrotar? Não há tempo para a família e para os amigos? Bem, aqui só quem for hipócrita…pelo menos é a minha maneira de ser e pensar. Para a família ou para um amigo arranjamos sempre tempo. Se eu digo a um amigo que não tenho tempo para ele, muitas vezes quanto mais precisa…é porque não é meu amigo. Claro que um amigo não pede a outro “deixa o trabalho (emprego), pois preciso de falar contigo”…diz “Pá, no final do trabalho vai um cafezito? Queria falar contigo.” É por isso que a falta de tempo é relativa, como tudo na vida. É verdade que existe…sempre existiu e sempre vai existir. Creio que é um problema para o qual não há solução…mas fica aqui a promessa, se a descobrir revelo-a ao mundo…com uma pequena comissão, mas revelo! Este texto às tantas não vai tanto no sentido pelo qual me pediram para escrevê-lo, mas eu apenas pego nas ideias…ao texto dou o sentido que quero! Ou pensam que podem mandar nas mentes livres deste blog??? P.S. – Estive aqui a escrever o texto e não tive tempo para ir lanchar…ou será que o podia ter feito? Não, não podia, senão podia não ter tempo para acabar o texto. Se não acabasse o texto não ia ter tempo para preparar o jantar, se não tivesse tempo para preparar o jantar depois não ia ter tempo para falar com os meus amigos…e se não tivesse tempo para falar com eles, não ia ter tempo para ver a série que vai dar…
Sinto-me: Sem tempo...
Roído por Queijo Jeitoso às 19:09

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | favorito
7 comentários:
De Maganão a 19 de Novembro de 2008 às 02:08
Acho que o que o autor quis salientar, estando aqui, a meu ver um pouco subentendido, era que por mais que sejamos "desenrascados/produtivos", desejamos sempre fazer mais do que que até então podemos e temos feito. Não nos limitamos muitas vezes a nossa capacidade. Por um lado esse ambicioso desejo é saudável , impele-nos a fazer ou pelo menos começar algo sem nos desmoralizar com o que nos vai demorar, ainda que por vezes egoísta terminando em desilusão ao tudo querer agarrar e fazer, acabando por nada concretizar, sem nenhuns resultados de valor (com consistência antes tudo atabalhoado ). Daí as prioridades que darão uma organização e uma melhor visão daquilo que queremos fazer com o tempo e ainda que não o pareça uma melhor gestão e visão das coisas que planeamos, do que temos disponível ou podemos contar, centrando-nos naquilo que se pretende e urge fazer, e não no que é secundário ou não interessa nem ao Pai-Natal . Na minha opinião , que vai na linha de pensamento do autor, o aproveitamento daquilo que se quer fazer depende das nossas escolhas e da ordem que lhes damos. Se dominamos este processo daí poderá advir nossa satisfação como que conseguindo parecer que verdadeiramente "o tempo chega para tudo" (embora cada qual na sua vez) e que "o tempo é aquilo que se faz com ele" -- SWATCH...
De Joana a 20 de Novembro de 2008 às 21:14
Pois é...n é q tivesse muito tempo pr comentar este post ;), mas depois de o ler, realmente ganhei uns minutinhos. Concord ctg, pois muitas vezes n temos tempo porque n keremos, ou pq n o sabemos gerir. Prioridades...quantas vezes colocamos outras tantas coisas superfulas á frente de um cafe com os amigos.Na verdade este post deixou-me a pensar...
Quanto tempo perdemos a dormir (e eu q o diga né)...;-)
Bem ,olha n tnh mais tempo, tnh q terminar por aki, porque tnh q ir ver a novela!!;-))
bjinhs fofos
Ju
De Zé Carlos a 21 de Novembro de 2008 às 12:53
penso que falar da chuva, do sol e outras mariquices seria mais rentável... e poupava tempo porque bastava ler o inicio para não querer saber mais.
De fada sinhinho... a 21 de Novembro de 2008 às 18:46
Reflecti durante dois segundos, sim dois segundos porque reflectir cansa a cabeça e é uma perda de tempo... e cheguei á conclusão que o mal está na definição de prioridades, porque existe tempo para tudo, as pessoas é que não são o suficientemente organizadas para compreenderem isso!!!

Uma sugestão... POdiam dar umas dicas e truques para rentabilizar melhor o tempo?!?!?!? Que acham?
De anateixeira a 22 de Novembro de 2008 às 01:40
ola, finalmente a comentar desculpa ainda na ter tido tempo mas ainda vim a tempo... de te felicitar pelo teu discurso. pois é bem verdade que quando uma pessoa quer realmente fazer algo basta simplesmente VONTADE e aí sim consegue ter tempo, dar tempo ao tempo e até viver sem tempo :)
bjinhos
De DoOrgal a 10 de Dezembro de 2008 às 15:23
oh jeitoso... cuando te falte tempo... passa a fronteira.. que é uma hora menos! num é muito mas se o fizeres todos os dias ao final da semana sao 7 horas. ao final do mes 28 horas (mais de un dia) ao final do ano 336 horas (14 dias).... pensa um bocado.. eu tenho de ir que estou atrasado
DoOrgal
De Soraia a 27 de Dezembro de 2008 às 04:56
Lamento discordar!!!(Para variar que mais podia eu fazer aqui se não discordar convosco!!!!)Ou será que vou concordar e acrescentar algumas ideias mais!!!Já te digo...Ora lê!!!
Realmente creio que o tempo é uma questão fundamental na nossa pobre existencia e para muitos um autêntico quebra cabeças!!!E isto porquê...como já se aperceberam estamos todos de passagem e um dia vamos...morrer!Como não sabemos quando isso vai acontecer temos o dever e a obrigação de usar o tempo que nos foi dado!!(balelas!!)É que vereis, na minha opinião não existe tempo perdido...antes chamar-lhe-ia tempo desperdiçado!!!
Leiam algumas tonterias:
É que de facto o tempo foi gererado pelo homem de forma a que pudesse organizar-se em comunidade e pessoalmente...(|devem estar a pensar: pero que me estas contando!) Ora pensem porque razão tem o dia 24h?É o tempo que se estimou que a terra demoraria a girar-se sobre si mesma, uma vez que em este tempo, temos metade do "tempo" em que o sol nos brinda (ou não) o grande sorriso e a outra metade em que a lua nos ilumina na escuridao! Ou seja era necessario estipular um horario para actividade maxima e para descanso (se bem que hoje em dia ja mts trabalham de noite e dormem de dia!!e existem outros que nem d dia nem de noite e existem ainda outros que fingem que trabalho e que este tralho exige mt deles...os politicos!!)e assim passam 24h...correspondendo a 1 dia que se transforma em dias...que passa a semanas...que passa a meses e depois vem o ano!!!(tempo estimado que a terra demora a rodear o sol!) E assim meus amigos alguem há milhoes de anos atras antes mesmo de saber que a terra era redonda e de existirem politicos...ja organizavam e aproveitavam o tempo que lhes era concedido!!!(Mts creem que o tempo de vida é uma dadiva de Deus) Quem quer que nos tenha dado o tempo devemos agradecer-lhe...porque apesar de ser complexo organizar as nossas prioridades...o tempo é sempre usado com boa ou ma utilidade!(ao contrario de mts outras coisas que mts vezes compramos nos chinos, é que nem boa nem má não funcionam!)Atraves do que fazemos nesse tempo que nos é "dado" transformamo-nos em pessoas melhores ou piores consoante a utilidade dada ao fantastico e maravilhoso "tempo"!! Nunca se perde tempo...porque "estamos dentro dele"!Por isso aproveitem ao maximo de forma produtiva o vosso tempo...e lembrem-se o tempo é nosso e o que fazemos com ele cabe-nos a nós decidir!!!
Bjs fantasticos e já têm o meu comentario....mais propriamente roidela em queijo jeitoso!!!

Envenenar post

>‘.’<)---Culpados!

>‘.’<)---Ninhos de papel

>‘.’<)--- Agosto 2015

>‘.’<)--- Março 2015

>‘.’<)--- Julho 2014

>‘.’<)--- Dezembro 2013

>‘.’<)--- Novembro 2013

>‘.’<)--- Julho 2013

>‘.’<)--- Junho 2013

>‘.’<)--- Fevereiro 2013

>‘.’<)--- Outubro 2012

>‘.’<)--- Setembro 2012

>‘.’<)--- Agosto 2012

>‘.’<)--- Julho 2012

>‘.’<)--- Abril 2012

>‘.’<)--- Novembro 2011

>‘.’<)--- Setembro 2011

>‘.’<)--- Julho 2011

>‘.’<)--- Abril 2011

>‘.’<)--- Março 2011

>‘.’<)--- Janeiro 2011

>‘.’<)--- Dezembro 2010

>‘.’<)--- Setembro 2010

>‘.’<)--- Agosto 2010

>‘.’<)--- Junho 2010

>‘.’<)--- Março 2010

>‘.’<)--- Janeiro 2010

>‘.’<)--- Dezembro 2009

>‘.’<)--- Outubro 2009

>‘.’<)--- Setembro 2009

>‘.’<)--- Agosto 2009

>‘.’<)--- Julho 2009

>‘.’<)--- Junho 2009

>‘.’<)--- Maio 2009

>‘.’<)--- Abril 2009

>‘.’<)--- Março 2009

>‘.’<)--- Fevereiro 2009

>‘.’<)--- Janeiro 2009

>‘.’<)--- Dezembro 2008

>‘.’<)--- Novembro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2008

>‘.’<)--- Abril 2008

>‘.’<)--- Março 2008

>‘.’<)--- Janeiro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2007

>‘.’<)--- Agosto 2007

>‘.’<)--- Junho 2007

>‘.’<)--- Maio 2007

>‘.’<)--- Abril 2007

>‘.’<)--- Fevereiro 2007

>‘.’<)--- Janeiro 2007

>‘.’<)--- Dezembro 2006

>‘.’<)--- Novembro 2006

>‘.’<)--- Outubro 2006

>‘.’<)--- Setembro 2006

>‘.’<)--- Julho 2006

>‘.’<)--- Junho 2006

>‘.’<)---"Tocas"

>‘.’<)---Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

>‘.’<)---Farejar nesta toca

 

>‘.’<)---Queijos recentes

>‘.’<)--- Composição “As minhas fér...

>‘.’<)--- Considerações do Show (da...

>‘.’<)--- Há Volta...em Fafe!

>‘.’<)--- Passear ou ser passeado.....

>‘.’<)--- O amor e o coração…o fim ...

>‘.’<)--- Marés Vivas…o engodo!

>‘.’<)--- Peculiaridades do dia Rih...

>‘.’<)--- Promoções da Ordem

>‘.’<)--- Prémio Nobel - Mais que j...

>‘.’<)--- O que aconteceu?!

blogs SAPO

>‘.’<)---subscrever feeds