Quinta-feira, 22 de Junho de 2006

Quem é "Maganão"

Maganão (Filipe) - chamam-me assim, não porque vivi no Alentejo, mas porque sou corpulento e muito magano, amigo da reinação. Apesar de bem disposto e de ser um “tesouras”, tenho um passado vergonhoso, pois sou um híbrido (filho de mãe solteira), o resultado de uma aventura de um porquinho-da-índia com a ceguinha toupeira da minha mãe. Às duas semanas de vida já estava desmamado e com 6 meses já tinha uma licença de madeireiro, trabalhando numa mata com um velho castor meu conhecido. Há quem diga que sou aparentado com uma ratazana pelo meu porte possante, mas, na verdade, sou um pobre rato cinzento, pouco claro, com um monte de pêlos mais salientes a fazer de bigodes, orelhas rugosas e corroídas, unhas pretas e contorcidas semelhantes às das meninas da Ribeira do Sado, para além dos olhos castanhos mas que brilham à noite com a claridade da Lua. Sou de estatura média quando me apoio nas patas posteriores, mas comprido, pois possuo uma cauda longa e grossa. Admito ainda um pequeno apetite guloso por trigo, batatas da semente e farinhas de crescimento para animais, no entanto e ao contrário do aparentemente dócil que possa dar a entender sou extremamente feroz com as mandíbulas e as palavras quando teimam comigo, me apertam os calos, me põem entre a ratoreira e a parede, invadem o meu território para competir pelo meu arém de fêmeas ou me atacam de surpresa pelas costas.

 Toda a minha infância vivi refugiando-me num coberto de fardos de palha e feno, eu e mais 15 irmãos, sendo o mais velho da ninhada, mas um dia ao descer o monte, que considerava o meu habitat e onde tinha o meu nicho ecológico, aconteceu algo que mudou a minha vida e maneira de ser. Atrás dum esquilo que levava uma bolota gorda para esconder, perdi-me, tendo ido parar longe depois de ser recolhido por um camião e despejado numa lixeira a céu aberto enquanto procurava de comer num contentor à beira de uma estrada. E foi assim que precisamente nessa lixeira conheci o meu, agora inseparável, colega de vida e façanhas, já na altura o senhor daquele oásis e menino felpudo (bonito) da cidade.

Sinto-me: Um heroi!
Roído por Maganão às 11:51

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | favorito
1 comentário:
De da familia a 11 de Julho de 2006 às 14:54
Comovente... Quase chorei de emoção... Mas nunca mais viste os teus irmãos?
Essa história de já teres sido desmamado, é mentira certo?

Envenenar post

>‘.’<)---Culpados!

>‘.’<)---Ninhos de papel

>‘.’<)--- Agosto 2015

>‘.’<)--- Março 2015

>‘.’<)--- Julho 2014

>‘.’<)--- Dezembro 2013

>‘.’<)--- Novembro 2013

>‘.’<)--- Julho 2013

>‘.’<)--- Junho 2013

>‘.’<)--- Fevereiro 2013

>‘.’<)--- Outubro 2012

>‘.’<)--- Setembro 2012

>‘.’<)--- Agosto 2012

>‘.’<)--- Julho 2012

>‘.’<)--- Abril 2012

>‘.’<)--- Novembro 2011

>‘.’<)--- Setembro 2011

>‘.’<)--- Julho 2011

>‘.’<)--- Abril 2011

>‘.’<)--- Março 2011

>‘.’<)--- Janeiro 2011

>‘.’<)--- Dezembro 2010

>‘.’<)--- Setembro 2010

>‘.’<)--- Agosto 2010

>‘.’<)--- Junho 2010

>‘.’<)--- Março 2010

>‘.’<)--- Janeiro 2010

>‘.’<)--- Dezembro 2009

>‘.’<)--- Outubro 2009

>‘.’<)--- Setembro 2009

>‘.’<)--- Agosto 2009

>‘.’<)--- Julho 2009

>‘.’<)--- Junho 2009

>‘.’<)--- Maio 2009

>‘.’<)--- Abril 2009

>‘.’<)--- Março 2009

>‘.’<)--- Fevereiro 2009

>‘.’<)--- Janeiro 2009

>‘.’<)--- Dezembro 2008

>‘.’<)--- Novembro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2008

>‘.’<)--- Abril 2008

>‘.’<)--- Março 2008

>‘.’<)--- Janeiro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2007

>‘.’<)--- Agosto 2007

>‘.’<)--- Junho 2007

>‘.’<)--- Maio 2007

>‘.’<)--- Abril 2007

>‘.’<)--- Fevereiro 2007

>‘.’<)--- Janeiro 2007

>‘.’<)--- Dezembro 2006

>‘.’<)--- Novembro 2006

>‘.’<)--- Outubro 2006

>‘.’<)--- Setembro 2006

>‘.’<)--- Julho 2006

>‘.’<)--- Junho 2006

>‘.’<)---"Tocas"

>‘.’<)---Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

>‘.’<)---Farejar nesta toca

 

>‘.’<)---Queijos recentes

>‘.’<)--- Composição “As minhas fér...

>‘.’<)--- Considerações do Show (da...

>‘.’<)--- Há Volta...em Fafe!

>‘.’<)--- Passear ou ser passeado.....

>‘.’<)--- O amor e o coração…o fim ...

>‘.’<)--- Marés Vivas…o engodo!

>‘.’<)--- Peculiaridades do dia Rih...

>‘.’<)--- Promoções da Ordem

>‘.’<)--- Prémio Nobel - Mais que j...

>‘.’<)--- O que aconteceu?!

blogs SAPO

>‘.’<)---subscrever feeds