Sexta-feira, 27 de Abril de 2012

Por onde andam os cavalheiros?

Respondo com uma pergunta…por onde andam as damas?

Passo a explicar o meu ponto de vista no texto a baixo…

Roído por Queijo Jeitoso às 10:45

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | favorito

Damas e Cavalheiros

É muito recorrente este rato ouvir de muitas fêmeas a afirmação triste “Hoje em dia já não há cavalheiros!”

Vamos por partes, aqui o Jeitoso, considera-se um cavalheiro da ponta da cauda até a ponta do nariz! As generalizações são perigosas e denotam sempre algum tipo de frustração ou ódio contra determinada coisa ou pessoa. Daí que o que eu venha a dizer de seguida, pode ser verdade em muitos casos, mas haverá as ditas excepções que confirmam a regra…e que são a minha réstia de esperança em não acabar o resto dos meus dias sozinho!

Coloco-vos as seguintes questões…porque é que existem médicos e enfermeiros? Porque existem pessoas doentes. Porque existem advogados? Porque existem pessoas que precisam de ser defendidas ou acusadas. Porque existem professores? Porque existem alunos. Podia exemplificar muitas mais perguntas, mas isto tudo para chegar a esta questão…porque existem cavalheiros? Porque existem damas!

E aqui chegamos ao busílis da coisa…se se queixam da escassa existência de cavalheiros, não será por ser, em igual modo, cada vez mais escassa a existência de damas?

Um cavalheiro tem como principal objectivo conquistar, não direi a dama, mas ao menos a sua simpatia. Um cavalheiro não o é apenas perante a pessoa amada…um que o seja de verdade é-o em qualquer situação do dia-a-dia. Um simples segurar de porta, um simples “Bom dia”, um carregar as compras a uma senhora idosa, apanhar algo do chão que tenha caído a alguém etc. Mas podem dizer que eu apenas estou a enumerar aspectos de boa educação ou cordialidade. Nem mais, pois ser cavalheiro é isso mesmo, é ser educado, é ser prestável, é ser atencioso…mas não implica ser burro!

Daí que não me estranha que cada dia haja menos cavalheiros…a falta de educação e de respeito pelos demais aumenta a cada dia, quer deles e delas. Contudo nota-se mais este aumento nas pessoas do sexo feminino por um motivo…nós homens, sempre fomos tidos como os mais rudes, mais mal-educados…mas hoje em dia há mulheres que fazem de brutos machos uns autênticos meninos de coro!

As mulheres lembraram-se agora de “exigir” cavalheiros, esquecendo-se que foram as suas mudanças que levaram à sua quase extinção. Um cavalheiro gosta de conquistar. Gosta de seduzir ou ser seduzido. E o que é a conquista hoje em dia? Um piscar de olho, mostra-se o relógio de diamantes e a bomba estacionada no parque da discoteca e ganha-se uma viagem até um hotel. O que é a sedução? Mostra-se as pernas quase até às nádegas e tem-se o cuidado de ter apenas os mamilos tapados…e magia, está todo o universo masculino presente seduzido.

Para mim a verdadeira conquista e a verdadeira sedução conseguem-se na ausência de futilidade e facilidade. Este rato aqui é muito mais facilmente seduzido por um riso espontâneo, mesmo que venha acompanhado com umas calças e um casaco, do que por um sorriso plástico e sem conteúdo, quem vem acompanhado por falta de roupa.

Encontramos a verdadeira beleza de uma mulher no brilho da sua simplicidade. Uma mulher confiante de si, sabe que é capaz de conquistar sem cair na vulgaridade.

Volto a frisar, caros leitores (eu, o outro rato, e mais uma ou outra pessoa que entram aqui por engano), não se pode generalizar. Considero-me um cavalheiro (em ratês deveria ser roedeiro), porque sei que ainda existem damas por aí…difíceis de encontrar? Sem dúvida que sim, mas é isso que faz valer a pena a espera!

Por isso, meus amigos e minhas amigas, quando perguntarem por onde andam os cavalheiros…lembrem-se, que os transformaram a quase todos em cavaleiros, sempre prontos a montar a primeira que lhes apareça à frente!

Sinto-me: A Gentleman
Roído por Queijo Jeitoso às 10:42

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | Ver venenos (3) | favorito

>‘.’<)---Culpados!

>‘.’<)---Ninhos de papel

>‘.’<)--- Agosto 2015

>‘.’<)--- Março 2015

>‘.’<)--- Julho 2014

>‘.’<)--- Dezembro 2013

>‘.’<)--- Novembro 2013

>‘.’<)--- Julho 2013

>‘.’<)--- Junho 2013

>‘.’<)--- Fevereiro 2013

>‘.’<)--- Outubro 2012

>‘.’<)--- Setembro 2012

>‘.’<)--- Agosto 2012

>‘.’<)--- Julho 2012

>‘.’<)--- Abril 2012

>‘.’<)--- Novembro 2011

>‘.’<)--- Setembro 2011

>‘.’<)--- Julho 2011

>‘.’<)--- Abril 2011

>‘.’<)--- Março 2011

>‘.’<)--- Janeiro 2011

>‘.’<)--- Dezembro 2010

>‘.’<)--- Setembro 2010

>‘.’<)--- Agosto 2010

>‘.’<)--- Junho 2010

>‘.’<)--- Março 2010

>‘.’<)--- Janeiro 2010

>‘.’<)--- Dezembro 2009

>‘.’<)--- Outubro 2009

>‘.’<)--- Setembro 2009

>‘.’<)--- Agosto 2009

>‘.’<)--- Julho 2009

>‘.’<)--- Junho 2009

>‘.’<)--- Maio 2009

>‘.’<)--- Abril 2009

>‘.’<)--- Março 2009

>‘.’<)--- Fevereiro 2009

>‘.’<)--- Janeiro 2009

>‘.’<)--- Dezembro 2008

>‘.’<)--- Novembro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2008

>‘.’<)--- Abril 2008

>‘.’<)--- Março 2008

>‘.’<)--- Janeiro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2007

>‘.’<)--- Agosto 2007

>‘.’<)--- Junho 2007

>‘.’<)--- Maio 2007

>‘.’<)--- Abril 2007

>‘.’<)--- Fevereiro 2007

>‘.’<)--- Janeiro 2007

>‘.’<)--- Dezembro 2006

>‘.’<)--- Novembro 2006

>‘.’<)--- Outubro 2006

>‘.’<)--- Setembro 2006

>‘.’<)--- Julho 2006

>‘.’<)--- Junho 2006

>‘.’<)---"Tocas"

>‘.’<)---Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

>‘.’<)---Farejar nesta toca

 

>‘.’<)---Queijos recentes

>‘.’<)--- Composição “As minhas fér...

>‘.’<)--- Considerações do Show (da...

>‘.’<)--- Há Volta...em Fafe!

>‘.’<)--- Passear ou ser passeado.....

>‘.’<)--- O amor e o coração…o fim ...

>‘.’<)--- Marés Vivas…o engodo!

>‘.’<)--- Peculiaridades do dia Rih...

>‘.’<)--- Promoções da Ordem

>‘.’<)--- Prémio Nobel - Mais que j...

>‘.’<)--- O que aconteceu?!

blogs SAPO

>‘.’<)---subscrever feeds