Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Dia dos Namorados

Quando se aproxima esta data (…esperem um bocado, que tenho k ir perguntar quando e que é…ah…só mais um bocadinho…bem, pelo que me acabam de dizer, dia 14 de Fevereiro…) nem sei o que sinto!
Inundam-nos de publicidade a toda a hora, sobre possíveis prendas para dar à cara-metade...eu muitas vezes questiono-me se isso não será para fazer aqueles que não têm namorado(a) (grupo no qual me incluo neste momento e em todos os dias 14/02 desde que nasci) sentirem-se estranhos! No que a mim me diz respeito, não conseguem…
Outra pergunta que levanto é se as pessoas que namoram e que dão importância a este dia só se lembram dos “mais que tudo” uma vez por ano…se assim é não pretendo namorar…lembrarmo-nos de quem mais gostamos só neste dia não é comigo. Sou daqueles que preferem dizer a cara-metade o quanto gosto dela todos os dias, se possível…sou um romântico que destoa no dia dos namorados!
Nos últimos anos, neste dia, tem-se assistido ao erguer de um movimento que ganha adeptos todos os anos…e perde alguns…o JDE (para quem não sabe, Jantar Dos Encalhados). Já participei num e posso dizer que é uma iniciativa positiva, sendo uma alternativa para quem não tem namorado(a)…
E como rato pobre e simples que sou, não contem com prendas luxuosas, como jantares, relógios, flores, chocolates…comigo pode ser uns beijinhos e muito amor…quem não gostar paciência…
Sinceramente acho que o S. Valentim tem comissões com as grandes marcas (que não posso dizer aqui o nome)…até ele se deixou corromper pelo poder das folhas verdes (só nos desenhos animados é que vi notas verdes…por isso não percebo, mas enfim…)!
Ratos e ratas de Portugal, não se esqueçam que há muitas maneiras de demonstrar o amor que sentimos sem ser com prendas…e, mais importante que isso, lembrem-se de amar todos os dias…
Sinto-me: In love
Roído por Queijo Jeitoso às 02:02

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | Ver venenos (1) | favorito
Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

Despenalizar...eis a questão!

 Nos últimos dias tem-se assistido à realização de inúmeros debates sobre a questão do aborto, que vai a referendo no próximo dia 11 de Fevereiro.
Não querendo expor a minha opinião, ela será evidente com o que irei dizer a seguir. Respeito a opinião, quer dos movimentos pelo “Não” quer dos movimentos pelo “Sim”, mas ouvi determinadas ideias que me deixaram boquiaberto.
Num dos debates a que assisti, houve uma professora que disse ser contra a despenalização do aborto, pois isso fará com que haja menos crianças, logo maior desemprego para os professores e maior número de maternidades a fechar.!!! Bem, por este andar temos os profissionais de saúde a reclamar com a falta de doentes, senão correm o risco de ficarem desempregados… A solução do desemprego dos professores não passa por se “fazer meninos” , mas sim numa reestruturação dos cursos actuais, devendo-se encerrar aqueles que se encontram lotados. E que dizer do número de adolescentes que abandonam a escola por engravidarem?
Outra ideia vinda a público, é que com o “Sim” os homens não terão voto na questão da mulher querer o filho ou não. Não deixa de ser verdade, eu próprio não gostaria que a minha mulher ou companheira abortasse sem o meu consentimento. A questão que coloco é a seguinte: quantos homens foram julgados pelo facto das suas companheiras abortarem? (muitas delas devido à alta de apoio do companheiro ou por obrigação deste) Nenhum, creio eu…
Outra questão que me parece pouco esclarecida é que o “Sim” não obriga ninguém a abortar! Nem eu acredito que alguém faça um aborto de ânimo leve.
Também não me venham com a história que nos países onde foi legalizado o aborto, este aumentou drasticamente. Ele não aumentou, apenas apareceu à “tona de água”! Caso não de saiba, há uma grande discriminação entre mulheres no que toca ao aborto clandestino. Quem tem posses vai ao estrangeiro ou a clínicas ilegais, mas com boas condições. Quem não tem essas posses recorre ao que pode, estando mais sujeitas a consequências e sequelas mais graves. E são apenas estes casos que entram para as estatísticas, pois são revelados à luz do dia. Há um grande número de abortos ilegais desconhecidos, sendo este número responsável pelo aumento do número de abortos, mas apenas estatisticamente, pois passarão a ser feitos às claras.
Que fique claro uma coisa…não sou a favor do aborto. Sou, isso sim, contra a penalização da mulher e contra o aborto clandestino e aqueles que ganham com isso…
Sinto-me: A Favor...
Roído por Queijo Jeitoso às 00:39

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | Ver venenos (1) | favorito
Segunda-feira, 5 de Fevereiro de 2007

A Melhor Enfermeiro Do Mundo (baseado in Todo o Tempo do Mundo; de Rui Veloso)

Vamos por o termómetro agora
Já chega de tanto dormir
Preparei os comprimidos
Só os falta distribuir

Tome banho quando quiser
Já se pode indo despir
Vem aí o pequeno-almoço
E eu ajudo-o a engolir

Podia me só esclarecer
O que é que lhe dou agora
Lá esta o senhor outra vez
Com apressa de ir embora
Só vai quando chegar a hora

O melhor enfermeiro do mundo
Para si, vou ser o melhor enfermeiro do mundo
O melhor enfermeiro do mundo
Para si, vou ser o melhor enfermeiro do mundo

Houve um tempo em que julguei
Que os doentes da enfermaria
Se por lá eu não passasse
Ninguém se incomodaria

E eu ia e ele falava
Falava e eu não ouvia
E depois já nem falava
Mal suspeitava o que acontecia

Agora em tudo o que faço
O tempo não é tão restringido
Podes dar o teu desabafo
O porque do soro estar interrompido
Só vou ter picar o outro braço!...

O melhor enfermeiro do mundo
Para si, vou ser o melhor enfermeiro do mundo
O melhor enfermeiro do mundo
Para si, vou ser o melhor enfermeiro do mundo
Sinto-me: Um prestador de cuidados!!!

Ele (ALMIRANTE) e ela (CALOIRADA); baseado em Carlos Canelhas

SEI QUEM ELE É
ELE É BEM E CAPAZ
DE OS DEIXAR UM DIA TODO EM PÉ
VIVIA EM VENADE UM POUCO LONGE É FAVOR
POIS SUA REPUTAÇÃO PEDIA MAIS,
MAIS PAVOR
 
ELA APARECEU
E A INOCÊNCIA DELA
DESDE LOGO O PRENDEU
PRAXA UM ATRÁZ OUTRO E AGORA ELE FALA
QUE ALCANÇOU NA ESCOLA O MAIOR BEM,
”BOU PRAXÁ-LA”.
 
SÓ OLHAR P’RÓ CHÃO
A TODA A HORA
REPETE O PALABRÃO
PELA AVENIDA FORA
MASSAGENS À REFEIÇÃO
ASSIM É QUE SE ESTÁ BEM
 
SOIS BARATAS TONTAS
E TOU A DIVERTIR-ME
SE OS DENTES ME APRONTAS
DIZ: “RI-ME FODI-ME”
NÃO ME RESPONDAS
NÃO ÉS NINGUÉM...
Sinto-me: eu mesmo.

Lutas (baseado em Dunas dos G.N.R.)

~
Lutas, só ligar os ecrãs
Violência indiscreta, aleijando-se com’a burros
Para seduzir suecas e alemãs
 
Metidos em lutas, sem regras vale tudo
Olhos arregalados, calças e boxers borrados
 
Sangrando pelos lábios com dentes esmurrados
Com magia nos dedos ou matando em arvoredos
Em câmara lenta ou repetição
Em luta livre americana simulam cair de costas no chão
 
Lutas, são todas iguais
Quem os visse a sério depois de desmaquilhados
Já não tão cansados, feridos ou maltratados
 
Lutas, escandalizam a mamã
Por ver crianças acordadas, tão cedo atraídas
P´la programação da manhã!
Sinto-me:
Roído por Maganão às 14:02

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | favorito

>‘.’<)---Culpados!

>‘.’<)---Mirones!


Contador Grátis

>‘.’<)---Atempadamente:

>‘.’<)---Ninhos de papel

>‘.’<)--- Agosto 2015

>‘.’<)--- Março 2015

>‘.’<)--- Julho 2014

>‘.’<)--- Dezembro 2013

>‘.’<)--- Novembro 2013

>‘.’<)--- Julho 2013

>‘.’<)--- Junho 2013

>‘.’<)--- Fevereiro 2013

>‘.’<)--- Outubro 2012

>‘.’<)--- Setembro 2012

>‘.’<)--- Agosto 2012

>‘.’<)--- Julho 2012

>‘.’<)--- Abril 2012

>‘.’<)--- Novembro 2011

>‘.’<)--- Setembro 2011

>‘.’<)--- Julho 2011

>‘.’<)--- Abril 2011

>‘.’<)--- Março 2011

>‘.’<)--- Janeiro 2011

>‘.’<)--- Dezembro 2010

>‘.’<)--- Setembro 2010

>‘.’<)--- Agosto 2010

>‘.’<)--- Junho 2010

>‘.’<)--- Março 2010

>‘.’<)--- Janeiro 2010

>‘.’<)--- Dezembro 2009

>‘.’<)--- Outubro 2009

>‘.’<)--- Setembro 2009

>‘.’<)--- Agosto 2009

>‘.’<)--- Julho 2009

>‘.’<)--- Junho 2009

>‘.’<)--- Maio 2009

>‘.’<)--- Abril 2009

>‘.’<)--- Março 2009

>‘.’<)--- Fevereiro 2009

>‘.’<)--- Janeiro 2009

>‘.’<)--- Dezembro 2008

>‘.’<)--- Novembro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2008

>‘.’<)--- Abril 2008

>‘.’<)--- Março 2008

>‘.’<)--- Janeiro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2007

>‘.’<)--- Agosto 2007

>‘.’<)--- Junho 2007

>‘.’<)--- Maio 2007

>‘.’<)--- Abril 2007

>‘.’<)--- Fevereiro 2007

>‘.’<)--- Janeiro 2007

>‘.’<)--- Dezembro 2006

>‘.’<)--- Novembro 2006

>‘.’<)--- Outubro 2006

>‘.’<)--- Setembro 2006

>‘.’<)--- Julho 2006

>‘.’<)--- Junho 2006

>‘.’<)---"Tocas"

>‘.’<)---Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

>‘.’<)---Farejar nesta toca

 

>‘.’<)---Queijos recentes

>‘.’<)--- Composição “As minhas fér...

>‘.’<)--- Considerações do Show (da...

>‘.’<)--- Há Volta...em Fafe!

>‘.’<)--- Passear ou ser passeado.....

>‘.’<)--- O amor e o coração…o fim ...

>‘.’<)--- Marés Vivas…o engodo!

>‘.’<)--- Peculiaridades do dia Rih...

>‘.’<)--- Promoções da Ordem

>‘.’<)--- Prémio Nobel - Mais que j...

>‘.’<)--- O que aconteceu?!

blogs SAPO

>‘.’<)---subscrever feeds