Terça-feira, 11 de Julho de 2006

Cinto de segurança

 Já falei aqui da minha opinião sobre os arrojados decotes que se usam actualmente. Agora vou falar de algo que me deixa ainda mais transtornado…profundamente transtornado!!!

Refiro-me ao não uso de cinto nas calças de cinta baixa, principalmente por parte de raparigas mais fortes. E vejo-me na obrigação de tocar neste assunto, porque tenho assistido nos últimos meses a cenas tristes, protagonizadas por donzelas que o fazem involuntariamente (ou não)! Quem ainda não se apercebeu do que estou a falar não precisa de queimar mais neurónios! Falo, lá está, do facto de estas madames, ao baixarem-se ou ao porem-se de joelhos (não fiquem a imaginar coisas, suas mentes perversas), revelarem ao mundo o caminho da perdição…peço desculpa, sendo mais claro, o sulco nadegueiro (mais conhecido como rêgo do cu)!

Eu quero acreditar que é de forma involuntária, pois elas fazem isso com tanta naturalidade, o que me leva a pensar que não têm consciência das cenas infelizes que fazem! Por isso, não levem a mal o que eu digo, vejam isto como uma chamada de atenção da parte de alguém que se preocupa com vocês!

Segundo estudos realizados por mim, chegou-se à conclusão que existem 2 tipos de “falta de cinto” diferentes:

1 – Revela cuecas – a meu ver o menos grave (não o deixando de ser), visto que, apesar de as calças descaírem, o que fica à mostra é a roupa interior. Este tipo, de certa maneira, poderá ser considerado como provocante;

2 – Revela rêgos do cu – a meu ver o mais grave, pois deparamo-nos com cenas muito tristes. Em muitas das destas situações, uma pessoa fica na dúvida se a rapariga usa roupa interior, acompanhando esta a descida das calças, ou se não usa!

Para terminar, deixo o meu protesto contra a reacção despropositada e exacerbada das raparigas, quando apanham um jovem a olhar para uma cena dessas! Ratas de Portugal, na maioria das vezes (a excepção confirma a regra) nós não olhamos porque gostamos, mas sim porque ficamos incrédulos (e porque não temos alternativa)!

Sinto-me: Revoltado
Roído por Queijo Jeitoso às 11:25

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | favorito
|
1 comentário:
De Maria a 4 de Outubro de 2006 às 18:42
Sr. Rato, referindo-me ao facto de "ao não uso de cinto nas calças de cinta baixa, principalmente por parte de raparigas mais fortes", permita-me fazer a seguinte consideração sobre a base de todo o problema. A meu ver, este problema era facilmente solucionado, e o problema das "raparigas mais fortes" não está na falta de cinto mas nas próprias calças! Como bom farejador e observador que é, de certo já reparou no problema destas calças para estas raparigas. Este tipo de calças deveria assentar nos ossos da bacia à frente e em cima do rabiosque atrás ! Agora observe comigo: as raparigas fortes tem o traseiro avantajado e a barriga de igual forma, ou seja, deixam-se de perceber quaisquer tipo de limites anatómicos para estas calças assentarem. Desta forma, onde é que elas assentam? em lado nenhum..o que provoca os deslizamentos que você referiu...Por outro lado, pense comigo, se usassem cinto estaríamos perante um problema ainda mais grave...imagine o que é um balão preso com um cordel ao meio ( ele tem de ir para algum lado, não é?) pois com o uso do cinto...as gordurinhas a mais, transformam-se em pregas dantescas laterais que deformam o corpo feminino que se deveria orgulhar das curvas com que foi dotado, não acha?!
Para mim, este problema tem uma solução muito fácil...claro que as mulheres nao devem banir a "tanga" e o "fio dental"...porque a marca da cuequinha da avó nas calças seria um problema maior...Por isso, Sr. Rato, aconselhe as suas amigas a vestir umas calças de cinta mais subida, que para além de agora estarem na moda, favorecerem as curvas femininas adelgaçando a cintura, não fazem pregas, não deslizam, e sobretudo... "não revelam cuecas nem rêgos do cú" :)

Envenenar post

>‘.’<)---Culpados!

>‘.’<)---Mirones!


Contador Grátis

>‘.’<)---Atempadamente:

>‘.’<)---Ninhos de papel

>‘.’<)--- Agosto 2015

>‘.’<)--- Março 2015

>‘.’<)--- Julho 2014

>‘.’<)--- Dezembro 2013

>‘.’<)--- Novembro 2013

>‘.’<)--- Julho 2013

>‘.’<)--- Junho 2013

>‘.’<)--- Fevereiro 2013

>‘.’<)--- Outubro 2012

>‘.’<)--- Setembro 2012

>‘.’<)--- Agosto 2012

>‘.’<)--- Julho 2012

>‘.’<)--- Abril 2012

>‘.’<)--- Novembro 2011

>‘.’<)--- Setembro 2011

>‘.’<)--- Julho 2011

>‘.’<)--- Abril 2011

>‘.’<)--- Março 2011

>‘.’<)--- Janeiro 2011

>‘.’<)--- Dezembro 2010

>‘.’<)--- Setembro 2010

>‘.’<)--- Agosto 2010

>‘.’<)--- Junho 2010

>‘.’<)--- Março 2010

>‘.’<)--- Janeiro 2010

>‘.’<)--- Dezembro 2009

>‘.’<)--- Outubro 2009

>‘.’<)--- Setembro 2009

>‘.’<)--- Agosto 2009

>‘.’<)--- Julho 2009

>‘.’<)--- Junho 2009

>‘.’<)--- Maio 2009

>‘.’<)--- Abril 2009

>‘.’<)--- Março 2009

>‘.’<)--- Fevereiro 2009

>‘.’<)--- Janeiro 2009

>‘.’<)--- Dezembro 2008

>‘.’<)--- Novembro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2008

>‘.’<)--- Abril 2008

>‘.’<)--- Março 2008

>‘.’<)--- Janeiro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2007

>‘.’<)--- Agosto 2007

>‘.’<)--- Junho 2007

>‘.’<)--- Maio 2007

>‘.’<)--- Abril 2007

>‘.’<)--- Fevereiro 2007

>‘.’<)--- Janeiro 2007

>‘.’<)--- Dezembro 2006

>‘.’<)--- Novembro 2006

>‘.’<)--- Outubro 2006

>‘.’<)--- Setembro 2006

>‘.’<)--- Julho 2006

>‘.’<)--- Junho 2006

>‘.’<)---"Tocas"

>‘.’<)---Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

>‘.’<)---Farejar nesta toca

 

>‘.’<)---Queijos recentes

>‘.’<)--- Composição “As minhas fér...

>‘.’<)--- Considerações do Show (da...

>‘.’<)--- Há Volta...em Fafe!

>‘.’<)--- Passear ou ser passeado.....

>‘.’<)--- O amor e o coração…o fim ...

>‘.’<)--- Marés Vivas…o engodo!

>‘.’<)--- Peculiaridades do dia Rih...

>‘.’<)--- Promoções da Ordem

>‘.’<)--- Prémio Nobel - Mais que j...

>‘.’<)--- O que aconteceu?!

blogs SAPO

>‘.’<)---subscrever feeds