Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

A Revolta dos Toxicodependentes

No recente dia 1 de Janeiro entrou em vigor a já anunciada lei que proíbe de fumar em locais fechados (cafés, restaurantes, shoppings, etc.). É verdade que existe a possibilidade dos responsáveis pelos locais adaptarem determinadas áreas para fumadores, desde que estejam devidamente ventiladas…o que neste momento não é possível, uma vez que, segundo os especialistas, não existem ventiladores capazes de desempenharem essa função eficazmente.

Claro que há a outra solução, tipicamente portuguesa, que consiste em ignorar a lei…isto enquanto a ASAE não tiver meios para fazer um fiscalização eficaz e as multas não começarem a aparecer. Para já vemos o pessoal de peito aberto a dizer “ah, coisa e tal, eu vou continuar a fumar na mesma nos cafés, quero ver quem é que me impede!”

As pessoas ao lerem o título deste texto podem considerá-lo ofensivo, principalmente os fumadores. Porém, se pesquisarmos no dicionário Priberam (dicionário da net) vemos que a definição de toxicodependência é oestado de dependência física e psíquica de certas substâncias tóxicas, que repetidamente tomadas, modificam a sensibilidade orgânica e as funções vegetativas”e a definição de toxicodependente é a pessoa que sofre de toxicodependência”. Ou seja, ninguém tem que se sentir ofendido, muito menos os fumadores.

Tenho ouvido e lido muitas opiniões de pobres fumadores, que se insurgem com vigor contra uma lei que, segundo eles, é discriminatória. Bem, só podem estar a gozar comigo e com todos os não fumadores que tiveram de suportar a enorme falta de civismo da maior parte destes pobres discriminados.

Uns dizem que devia de haver cafés para fumadores e cafés para não fumadores, outros que a lei não tem sentido pois também têm direito a fumar. Só admito esta opinião como sendo uma opinião completamente cega de alguém fortemente dependente de uma droga como é o tabaco. Esta ideia genial iria por tudo como estava até agora, uma vez que a maioria dos donos de cafés e restaurantes optaria por permitir que se fumasse (tendo em conta que a maioria da população não fuma, vá-se lá perceber). E esquecem-se os pobres dos discriminados, que até ao momento era permitido fumar em praticamente todos os cafés, ou seja, os não fumadores só tinham duas opções…entravam nos cafés e apanhavam com o fumo todo ou não frequentavam cafés, pois os fumadores eram os legítimos frequentadores destes locais.

Caros leitores (devem ser poucos e cada vez menos, mas acredito que ainda tenho alguns), é por estes e outros motivos que o choradinho destes coitadinhos me passa ao lado. Não me importa mesmo nada que sejam obrigados a levantarem o rabinho e a terem de ir fumar ao ar livre.

A partir de agora, quando for a um restaurante ou a um café posso usufruir da minha refeição ou ver o meu Benfica com tranquilidade…não devia dizer isto, mas agora também posso voltar a vestir a mesma roupa no dia a seguir a ter ido ao café!

Sinto-me: Inspector da ASAE
Roído por Queijo Jeitoso às 20:03

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | favorito
|

>‘.’<)---Culpados!

>‘.’<)---Mirones!


Contador Grátis

>‘.’<)---Atempadamente:

>‘.’<)---Ninhos de papel

>‘.’<)--- Agosto 2015

>‘.’<)--- Março 2015

>‘.’<)--- Julho 2014

>‘.’<)--- Dezembro 2013

>‘.’<)--- Novembro 2013

>‘.’<)--- Julho 2013

>‘.’<)--- Junho 2013

>‘.’<)--- Fevereiro 2013

>‘.’<)--- Outubro 2012

>‘.’<)--- Setembro 2012

>‘.’<)--- Agosto 2012

>‘.’<)--- Julho 2012

>‘.’<)--- Abril 2012

>‘.’<)--- Novembro 2011

>‘.’<)--- Setembro 2011

>‘.’<)--- Julho 2011

>‘.’<)--- Abril 2011

>‘.’<)--- Março 2011

>‘.’<)--- Janeiro 2011

>‘.’<)--- Dezembro 2010

>‘.’<)--- Setembro 2010

>‘.’<)--- Agosto 2010

>‘.’<)--- Junho 2010

>‘.’<)--- Março 2010

>‘.’<)--- Janeiro 2010

>‘.’<)--- Dezembro 2009

>‘.’<)--- Outubro 2009

>‘.’<)--- Setembro 2009

>‘.’<)--- Agosto 2009

>‘.’<)--- Julho 2009

>‘.’<)--- Junho 2009

>‘.’<)--- Maio 2009

>‘.’<)--- Abril 2009

>‘.’<)--- Março 2009

>‘.’<)--- Fevereiro 2009

>‘.’<)--- Janeiro 2009

>‘.’<)--- Dezembro 2008

>‘.’<)--- Novembro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2008

>‘.’<)--- Abril 2008

>‘.’<)--- Março 2008

>‘.’<)--- Janeiro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2007

>‘.’<)--- Agosto 2007

>‘.’<)--- Junho 2007

>‘.’<)--- Maio 2007

>‘.’<)--- Abril 2007

>‘.’<)--- Fevereiro 2007

>‘.’<)--- Janeiro 2007

>‘.’<)--- Dezembro 2006

>‘.’<)--- Novembro 2006

>‘.’<)--- Outubro 2006

>‘.’<)--- Setembro 2006

>‘.’<)--- Julho 2006

>‘.’<)--- Junho 2006

>‘.’<)---"Tocas"

>‘.’<)---Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

>‘.’<)---Farejar nesta toca

 

>‘.’<)---Queijos recentes

>‘.’<)--- Composição “As minhas fér...

>‘.’<)--- Considerações do Show (da...

>‘.’<)--- Há Volta...em Fafe!

>‘.’<)--- Passear ou ser passeado.....

>‘.’<)--- O amor e o coração…o fim ...

>‘.’<)--- Marés Vivas…o engodo!

>‘.’<)--- Peculiaridades do dia Rih...

>‘.’<)--- Promoções da Ordem

>‘.’<)--- Prémio Nobel - Mais que j...

>‘.’<)--- O que aconteceu?!

blogs SAPO

>‘.’<)---subscrever feeds