Quinta-feira, 22 de Junho de 2006

Comentários aos jogos da fase de grupos de Portugal

Portugal 1 – Angola 0

 

Jogo muito interessante, mas por motivos extra-jogo, pois relativamente ao jogo…bem, não posso dizer grande coisa porque adormeci aos 10 minutos de jogo!

Diz-se por aí que os angolanos são nossos (dos portugueses) brothers. Meus amigos, discordo completamente! Eu acho que deve andar aí uma praga de daltonismo…e a culpa não é dos ratos! Não tendo nada contra os amigos angolanos (o meu clube até tem um como mascote! Somos ou não somos caridosos?), devo dizer que essa história de que somos irmãos é tudo uma tanga! É uma maneira subtil de disfarçar ou camuflar um rol de atrocidades que os tugas fizeram aos angolanos! É a única maneira de manter boas relações diplomáticas com esse país africano. Eu compreendo que haja pessoas que possam dizer que têm irmãos angolanos, principalmente aqueles cujos progenitores estiveram no Ultramar, mais precisamente em Angola. Agora, não podem generalizar…o meu pai nem sequer foi ao Ultramar!

Voltando ao jogo…na minha omilde opinião de rato, os jogadores lusos entraram em campo com a pressão de não poderem ganhar por muitos, pois isso seria visto como uma traição aos nossos “irmãos”! Daí só ter ficado 1 a 0. Reparem bem na expressão do nosso azelha, digo, goleador mor, ao marcar o golo. O pernet…desculpem, pauleta, ficou assustadíssimo por ter marcado o golo. Ele ficou de tal modo perturbado, que não conseguiu explicar às pessoas que marcou o golo sem querer, que se deixou levar pela emoção de marcar num mundial…a tentação foi mais forte do que ele!

A partir desse momento, foi o que se viu…quero dizer, o que viram, pois eu estava a sonhar com coisas muito mais emocionantes…a equipa fez de tudo para que Angola marcasse um golito, mas os jogadores falharam os remates todos à baliza (é o que dá treinarem e jogarem sem chuteiras e agora serem obrigados a fazê-lo)...todos excepto um que o Ricardo defendeu, também sem querer! Tropeçou nele próprio e caiu na direcção da bola. Resultado: a defesa da noite! Consequência: mais um jogador afectado por prejudicar os irmãos angolanos!

Se bem conheço o Scolari, vai ter uma trabalheira dos diabos para recuperar psicologicamente estes dois jogadores. Contudo, atrevo-me a dar um conselho ao Mr. e que seria mais fácil para ele: META ESSES DOIS NO BANCO!

 

 

Portugal 2 – Irão 0

 

Neste jogo sim, já se viu um pouco do futebol arte que Portugal sabe, pode e deve praticar (não confundir com as palhaçadas e malabarismos que o C. Ronaldo faz)!

Infelizmente, o ritmo mais elevado que a selecção de todos nós imprimiu ao jogo deveu-se não a vontade própria, mas a factores externos, mais uma vez! Passo a explicar. Falou-se tantas vezes que este jogo era um jogo de alto risco, que poderiam haver atentados, que os jogadores lusos corriam, mas era com medo! Sim senhor! Medo, medo que os jogadores iranianos fossem jogadores-bomba! Daí que, quando um tuga tinha a bola, era vê-lo a fintar tudo o que era iraniano com medo de explodir ao mínimo toque! Os golos de Portugal são exemplo disso mesmo. No primeiro, o Deco remata de primeira com medo que lhe caíssem uma carrada de iranianos em cima. No segundo, não me refiro propriamente à marcação do penalti, mas sim à falta que o originou. O Figo, mal viu que o contacto com o iraniano era inevitável, encolheu-se todo…como se isso adiantasse de alguma coisa!

Uma das coisas que me chamou mais atenção neste jogo foi o equipamento dos iranianos. Não pela sua forma ou pelas suas cores, mas porque, supostamente, são de marca (da puma, se não me engano). Na verdade, e digo isto com toda autoridade e conhecimento de rato (causa), os equipamentos são contrabandeados! Pois é, disse-me isto um rato meu amigo, que por acaso é cigano. Disse ele, que recebeu um pedido de 46 equipamentos, 23 principais e 23 secundários, da federação iraniana. Eu estou a tornar isto público, pois esse meu amigo caiu numa ratoeira. Os iranianos não lhe pagaram a encomenda (que tanto trabalho deu a roubar), antes ameaçaram-no com um atentado à bomba ao seu estabelecimento comercial (uma carrinha ambulante para fugir à polícia)! Imperdoável! Não se faz uma coisa destas a quem anda a tentar ganhar a vida. Esses iranianos devem ter fetiches com as bombas. Nós, ratos, sonhamos em dormir com ratas loiras, morenas, latinas, mulatas, gémeas…desculpem, já me estava a empolgar; enquanto que o maior sonho para os iranianos é um dia explodirem uma bomba que vai colada ao corpo deles!

Se eles fossem como eu, eram finos como ratos!

 

 

Portugal 2 – México 1

 

Mais uma vitória de Portugal, mas, mesmo assim, não se pode dizer sem espinhas. Na verdade, tendo em conta o contexto, Portugal devia ter cilindrado o México, em vez de ganhar apenas por um e de ter jogado a medo a partir do momento da expulsão do jogador mexicano!

E digo o porquê desta minha observação. A hora a que o jogo se realizou coincide exactamente com a hora da sesta dos mexicanos. E o que se pôde observar é que Portugal teve uma entrada de rajada, com dois golos logo na 1ª parte. Porém, os golos não se deveram a uma grande exibição portuguesa, mas sim ao adormecimento de toda a equipa mexicana. E para quem duvida do que estou para aqui a dizer, há uma prova irrefutável (quando quero consigo arranjar provas destas, mesmo que não as haja). No início da partida o Ricardo, qual Pélé, finta um adversário em plena pequena área!!! Logo o Ricardo…não é preciso dizer mais nada!

Os jogadores mexicanos, esses sim, jogaram com verdadeira garra…ou posso estar enganado e o facto de eles até comerem a relva pode-se dever ao facto de: 1º terem malaguetas enfiadas no rabo (estar aqui dizer cu podia ser muito ofensivo); 2º terem aderido à nova praga de vegetarianismo que assola o mundo!

Este jogo foi a prova provada que Portugal fez tudo para ajudar Angola a seguir em frente. Ganhamos, Angola é que falhou ao empatar com o Irão. O problema dos nossos amigos africanos é que sofrem de um complexo de inferioridade, que advém dos tempos do colonialismo! Eles não ganham às equipas mais poderosas, porque receiam ir parar ao tronco para apanhar chibatadas, como se fossem escravos!

 

Sinto-me: Agastado
Roído por Queijo Jeitoso às 11:43

Ratoeira do post | Envenenar (comentar!) | favorito
|

>‘.’<)---Culpados!

>‘.’<)---Mirones!


Contador Grátis

>‘.’<)---Atempadamente:

>‘.’<)---Ninhos de papel

>‘.’<)--- Agosto 2015

>‘.’<)--- Março 2015

>‘.’<)--- Julho 2014

>‘.’<)--- Dezembro 2013

>‘.’<)--- Novembro 2013

>‘.’<)--- Julho 2013

>‘.’<)--- Junho 2013

>‘.’<)--- Fevereiro 2013

>‘.’<)--- Outubro 2012

>‘.’<)--- Setembro 2012

>‘.’<)--- Agosto 2012

>‘.’<)--- Julho 2012

>‘.’<)--- Abril 2012

>‘.’<)--- Novembro 2011

>‘.’<)--- Setembro 2011

>‘.’<)--- Julho 2011

>‘.’<)--- Abril 2011

>‘.’<)--- Março 2011

>‘.’<)--- Janeiro 2011

>‘.’<)--- Dezembro 2010

>‘.’<)--- Setembro 2010

>‘.’<)--- Agosto 2010

>‘.’<)--- Junho 2010

>‘.’<)--- Março 2010

>‘.’<)--- Janeiro 2010

>‘.’<)--- Dezembro 2009

>‘.’<)--- Outubro 2009

>‘.’<)--- Setembro 2009

>‘.’<)--- Agosto 2009

>‘.’<)--- Julho 2009

>‘.’<)--- Junho 2009

>‘.’<)--- Maio 2009

>‘.’<)--- Abril 2009

>‘.’<)--- Março 2009

>‘.’<)--- Fevereiro 2009

>‘.’<)--- Janeiro 2009

>‘.’<)--- Dezembro 2008

>‘.’<)--- Novembro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2008

>‘.’<)--- Abril 2008

>‘.’<)--- Março 2008

>‘.’<)--- Janeiro 2008

>‘.’<)--- Setembro 2007

>‘.’<)--- Agosto 2007

>‘.’<)--- Junho 2007

>‘.’<)--- Maio 2007

>‘.’<)--- Abril 2007

>‘.’<)--- Fevereiro 2007

>‘.’<)--- Janeiro 2007

>‘.’<)--- Dezembro 2006

>‘.’<)--- Novembro 2006

>‘.’<)--- Outubro 2006

>‘.’<)--- Setembro 2006

>‘.’<)--- Julho 2006

>‘.’<)--- Junho 2006

>‘.’<)---"Tocas"

>‘.’<)---Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

>‘.’<)---Farejar nesta toca

 

>‘.’<)---Queijos recentes

>‘.’<)--- Composição “As minhas fér...

>‘.’<)--- Considerações do Show (da...

>‘.’<)--- Há Volta...em Fafe!

>‘.’<)--- Passear ou ser passeado.....

>‘.’<)--- O amor e o coração…o fim ...

>‘.’<)--- Marés Vivas…o engodo!

>‘.’<)--- Peculiaridades do dia Rih...

>‘.’<)--- Promoções da Ordem

>‘.’<)--- Prémio Nobel - Mais que j...

>‘.’<)--- O que aconteceu?!

blogs SAPO

>‘.’<)---subscrever feeds